Arquivo da categoria: Dobras e Técnicas

3. BASE PIPA (KITE)

Padrão

kite

Também denominada como Base do Sorvete, a Base Pipa é uma base fácil, sendo usada para fazer muitos modelos diferentes do origami.

Dobra Reversa – técnica muito utilizada no origami, sendo usada em geral para criar “pés, bicos e cabeças” de animais.

prega1 prega 2

Dividiremos a seção de exercícios em duas partes…. a primeira treinaremos 05 aves. No próximo post treinaremos 05 animais/objetos e assim ficaremos mais familiarizados com a base pipa e a dobra reversa.

1.Pequeno Pássaro: a cauda (passo 5-7) deve ser feita com uma dobra reversa externa e o bico (passo 8)com uma dobra reversa interna.5a1a84d3b5c0fda79da78a1dc45b4748

 

2. Cisne – Dobra reversa externa nos passos 6 e 7.

swan

 

3. Pardal – Dobra reversa interna no passo 7.

passarinho

(Caso tenha dificuldade acesse este video http://Caso tenha dificuldade acesse este video – https://www.youtube.com/watch?v=qt8VaX2ZddY )

4. Galo  – Dobra reversa externa nos passos 4-5 e reversa interna nos passos 7-9.galo 1galo 2

6. Pinguim

pinguin

Foto 24-10-15 16 30 12

Boas Dobras!!

 

 

Anúncios

2. Dobra Armário (Cupboard Fold)

Padrão

Também conhecida como Door Base (Base da Porta). Esta base caracteriza-se por ser a única dobra básica quer requer duas etapas: o papel é primeiro dobrada ao meio dando a forma de um livro. Em seguida, ambas as bordas laterais são levadas ao centro para dar sua forma definitiva a qual lembra um armário.  A dobra armário é usado em muitos modelos.

Cupboard Fold / Dobra Armário

 

Nos exercícios a seguir usaremos bastante uma técnica chamada Achatar / Squah Fold. Consiste em abrir uma aba indicada no diagrama para em seguida achata-la.

Squah

Origamis para praticar:

1.Piano (Atenção: Dobra  Squash no passo 4 e 5)

origami22

2. Coração (Atenção para a dobra Squash no passo 6)

5829dfe65132f520e3ba56067ce8221b

3. Coração Marca Pagina e Porta-Copo (Dobra Squash nos passos 11-13).

PicsArt_1391198184049 PicsArt_1391384319696

4.Barco (Atenção – usar técnica Abrir/Open no passo 6)

boat_diag
5.Baú (Atenção – Usar metade de um quadrado. No passo 12 e 13 usar técnica Afundar/Push In onde a seta indica)

bau 1 bau 2

Foto 24-10-15 11 15 05

Boas Dobras!!

Dobras de Nível Básico Avançado

Padrão

Para as próximas atividades, apenas as dobras básicas simples já não serão suficientes. Teremos então de fazer uso de novas técnicas as quais são classificas como básico avançado.  Aconselha-se que o origamista iniciante estude e treine estas dobras até que sinta segurança em realizar as mesmas,  pois boa parte da continuação do progresso no aprendizado de novos diagramas dependerão do domínio destas técnicas básicas.

Pull Out – (Puxar / Extrair)

Uma seta sem preenchimento que apresenta uma cova na sua cauda indica que se tem de tirar papel do interior do modelo ou, de qualquer forma, desdobrar algum papel. A seta irá imergir do lugar onde o papel é para ser puxado.

Open Out (Abrir)

Esteja ciente de que muitas vezes o “open” é parte de uma etapa intermediária, você está abrindo um ponto específico sobre o modelo a fim de passar para a próxima posição (ex. Squash Fold)

Push in (Empurrar / Afundar)

Uma seta pequena e sem preenchimento com uma cauda mais grossa e igualmente sem preenchimento indica uma dobra de Push Here.  O papel é empurrado para dentro simetricamente ou ainda invertido. Esteja ciente de que muitas vezes o “push” é parte de uma etapa intermediária, você está empurrando um ponto específico sobre o modelo a fim de passar para a próxima posição (ex. Inside reverse Fold, Petal Fold, Squash Fold e Sink).

Squash Fold (Achatar)

Uma Squash Fold é uma forma de converter uma aba já dobrada em duas. É indicada com uma Valley Fold, uma Mountain Fold a meio da aba e uma seta de “Empurrar Aqui” apontando para a borda que é para espalmar (primeiro desenho). Para fazer uma Squash Fold, separe as camada abertas (fácil de meter um dedo por baixo da aba) e achate a aba de forma que a linha da sua borda (a borda que é apontada pela seta) fique exactamente sobreposta na linha na primeira Valley Fold, a dobra que é feita na base da aba.

Inside Reverse Fold (Dobrar para Dentro)

A Dobra Reversa Interna (Insede Reverse Fold / Pocket Fold) é uma forma de mudar a direcção de uma aba de uma forma mais permanente e sólida do que simplesmente dobra-la. Uma Inside Reverse Fold é indicada com uma Mountain Fold na camada da aba mais próxima do nós e uma Valley Fold na camada da aba mais distante de nós de esta estiver visível. Existe também uma seta de empurrar (Push Here) apontando para a “coluna” da aba. Muitas vezes esta dobra é referida como apenas Reverse Fold. Para fazer uma Inside Reverse Fold, primeiro dobrar a aba (ambas camadas, a mais próxima e a mais distante) ao longa da linha de dobra indicada e depois desdobrar. Isto serve para enfraquecer o papel na linha da dobra e para marcar já onde se vão fazer as dobras. Para fazer depois a Reverse Fold propriamente dita, separe as camadas (a mais próxima afastar da mais distante) e empurrar com o dedo na coluna da aba conforme indica a seta de “Push Here” modendo assim a aba para baixo e entre as abas. Achate depois o papel. Conforme se vai tornando mais experiente vai ganhando a capacidade de dispensar o primeiro passo de dobrar e desdobrar passando de imediato à Reverse Fold, mas se é um iniciante então o primeiro passo ajuda muito.

 Outside Reverse Fold (Dobrar para Fora)

A Dobra Reversa Externa ( Outside Reverse Fold / Hood Fold) também uma forma de mudar a direção de uma aba. Enquanto que a Inside Reverse Fold vira a aba através das suas bordas abertas, a Outside Reverse Fold vira-a na direcção oposta. Uma Outside Reverse Fold é indicada com uma Valley Fold na camada mais próxima do papel e uma Mountain Fold na camada mais distante do papel, se visível) e seta mostrando a direcção do movimento do papel. Em muitas situações em que é difícil ver a camada de papel mais afastada é frequente apenas aparecer uma seta a uma Valley Fold na camada mais próxima

       

 Pleat Fold (Dobra Sanfona / Prega)

A dobra plissada (pleat fold) é simbolizada como uma seta em forma de  zig-zag. . Conhecida também como dobra acordeão, consiste em fazer dobras vale e montanha alternadamente, de forma uniforme, de modo a dar ao pael um efeito plissado/sanfonado. A seta indica a direçao a ser seguida na dobra, bem como o tipo de dobra a ser realizada.

 Boas Dobras

Dobras de Nível Basico Simples

Padrão

Valley Fold (Dobra em Vale)

Quando uma folha ou camada de uma folha é dobrada de modo a que se forme uma depressão no local onde é feita a dobra temos uma Valley fold. Esta é indicada com uma linha tracejada e com uma seta com a ponta simétrica (uma seta em que a ponta tem dois “anzóis”, digamos assim). A seta indica o movimento do papel. No exemplo, a parte de cima do papel é dobrada de modo a encontrar-se coma parte de baixo, fazendo uma Valley fold.

Mountain Fold (Dobra em Montanha)

Quando uma folha ou camada de folha de papel é dobrada para longe de si de modo a que a dobra forme um pico temos uma chamada Mountain fold. Esta é representada com uma linha de traços alternando com dois pontos e uma seta assimétrica (ponta da seta com apenas um “anzol”) que indica o movimento do papel. De modo geral, se a seta é simétrica o papel move-se da nossa direção, se a seta é assimétrica o papel move-se para longe. No exemplo, embora o efeito final seja o mesmo que o exemplo anterior, a parte de cima encontra-se com parte de baixo do papel, mas passando o papel por trás, movendo-se na direção que o afasta de nós.

Turn Over (Virar)

Uma seta que faz um loop indica virar o papel todo ao contrário. Se a seta leva a direção horizontal, o papel deve ser virado de lado para outro. Se a seta leva a direção vertical, o papel deve ser virado de cima para baixo.

Rotate (Girar)

A rotação do modelo é mostrada com um circulo com duas seta desenhada nele mostrando a direcção da rotação (segundo os ponteiros do relógio ou contra o sentido dos ponteiros do relógio). O espaço que vai entre as setas indica o quanto se roda o modelo, isto é, se roda-se um quarto de volta (exemplo de cima) ou metade de uma volta (exemplo de baixo). Imagine-se o modelo pousado numa mesa, todo o modelo roda sobre ele mesmo.